JORNAL DAS AUTARQUIAS

Inscrito na E.R.C. sob o nº 125290

Março 2019 - Nº 137 - I Série - Coimbra

Coimbra

Entrevista do Presidente da Junta de Freguesia de Serpins

João Pereira

J.A. – Valorize o sector primário e o turismo dessa freguesia?
J.F.- Qualquer destas vertentes são ancoras para um desenvolvimento de harmonioso e sustentável de qualquer localidade

J.A. – O aumento do desemprego gerou muita pobreza, como está essa freguesia a gerir esse problema?
J.F.- Felizmente não temos sentido que a situação se tenha agravado na nossas Freguesia

J.A.-O que pensa sobre a violência doméstica, que ultimamente tem aumentado drasticamente no nosso país e qual a causa e efeito?
J.F.- A violência doméstica é um drama transversal a quase toda a sociedade e tem um efeito de bola de neve se nada nos propusermos fazer para diminuir este flagelo que causa indesmentíveis transtornos

J.A. – A delinquência infantil tanto no meio urbano como no escolar e neste momento um infeliz realidade. Fale-nos sobre esta situação.
J.F.- A Juventude só aprende aquilo que as gerações anteriores souberem ensinar e praticar.
È uma questão de educação civismo e cultura

J.A. – O que pensa sobre a violência gratuita que se está a gerar na nossa sociedade?
J.F.- Penso que todos deverão parar para pensar e tentar agir em conformidade

J.A. – Estando a população cada vez mais envelhecida e muita dela sem apoio familiar e recursos financeiros, que apoio presta a autarquia a esta realidade?
J.F.- Tentamos de várias formas ir colmatando, em conjunto com a Câmara Municipal ir colmatando algumas lacunas

J.A. – Qual o maior problema com que essa freguesia se debate?
J.F.- Falta de instalação de uma infra-estrutura residencial para Seniores falta de transportes que dêem condições de mobilidade e tratamento de aguas residuais

J. A. – Que outros problemas necessitam de maior intervenção?
J.F.- Pavimentação de redes viárias

J.A. – Que perspectivas tem para o futuro da freguesia?
J.F.- Alguma melhoria no que se refere a transportes com a implementação do Sistema de Mobilidade do Mondego

J. A. – Como é a situação financeira dessa freguesia?
J.F.- Pode considerar-se boa

J.A. – Qual o apoio que a Câmara presta às Juntas de Freguesia?
J.F.- No que respeita á C.M do meu concelho o apoio não é obviamente aquele que pretendíamos é o possível e constante dos Acordos de Execução e Contratos Interadministrativos das delegações de competências

J.A. – Que mensagem quer enviar à população da sua freguesia?
J.F.- Uma mensagem de esperança resiliência e que continuamos na luta incessante para melhorar as condições de vida dos nossos Fregueses

J.A. – Como consegue gerir a absorvente vida de autarca com a vida familiar?
J.F.- Não sem que esta afecte a outra.
Porém tentamos conciliar uma e outra sendo que muitas vezes a vida Autárquica sobrepõe-se á familiar com prejuízo para esta

J.A. – Que mensagem quer deixar ao Jornal das Autarquias?
J.F.- Que continue a divulgar uma mensagem de esclarecimento e divulgação de uma das maiores e melhores conquistas da revolução de Abril.

João Pereira

Go top